Um bocadinho de Vasco Pulido Valente

Agosto 12, 2010

«Em desespero, há uns meses, dirigi-me à autoridade: a mãe. Eu queria cozinhar e suplicava instrução. Ela prontificou-se. Nada mais fácil. Eu deitava um “bocadinho” de azeite (ou de manteiga) e um “bocadinho” disto e daquilo, “alourava” um “bocadinho”, mexia (ou batia) um “bocadinho”, metia no forno (ou não metia no forno) um “bocadinho”, punha cá fora a coisa um “bocadinho” ou, se me apetecesse, não punha, até ficar tudo impecavelmente pronto, consoante as regras e as variações do gosto pessoal. Ao princípio, ouvi com respeito de aluno lorpa a doutrina majestática do mestre. Até ao instante fatal em que alvoreceu no meu pouco espírito uma inquietante dúvida teórica sobre a exacta natureza do “bocadinho”. Perguntei, com prudência, o que era um “bocadinho” e recebi uma resposta melancólica e resignada: um “bocadinho” era, evidentemente, um “bocadinho”, o “bocadinho” certo, nem mais, nem menos, e eu era, evidentemente, um idiota ou, para me conformar aos hábitos da Sucesso, um insucesso nato.

Eu admito que sou, de facto, um idiota. Longe da Senhora vivo de ovos e salsichas (de frasco): e não consigo cozer ovos e salsichas decentemente. Os ovos rebentam e as salsichas também. O “bocadinho” continua a escapar-me. Em noites de especial soturnidade telefono para a Tele-Pizza. Noites outras, ingiro (sem olhar) iogurtes e bolachas. Enterrado num sofá, a ler um finíssimo produto da mente humana, com intenso ódio à criação, só consigo imaginar comezainas sem fim, para sossego místico do corpo. Fui, como já observei, muito mal-educado. Na altura em que se tratou de fazer de mim um cidadão decente e uma besta feliz, toda a gente presumia a perenidade das cozinheiras. Para não falar nos electricistas e nos canalizadores. Depois, o mundo desabou e eu fiquei por baixo.» 11/94

As pessoas optimistas e complacentes com o mundo são tão desinteressantes. Um “bocadinho” de pessimismo nunca fez mal a ninguém (só ao Portugal de Sócrates – e de Cavaco – como VPV notou tão lúcidamente).

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: